92 3232-2032 / 3631-1312 / 99603- 7208 Conecte via whatsapp
Rua Japurá, 214 Centro - 69025-020
Manaus - AM
Consulte seu Exame:
slide-0slide-1slide-2
load

Exames

Tamanho do Texto

Pneumológico

Espirometria


Espirometria é um teste que mede a quantidade de ar que uma pessoa é capaz de inspirar ou expirar a cada vez que respira, ou seja, a quantidade de ar que um indivíduo é capaz de colocar para dentro e para fora dos pulmões e a

velocidade com que o faz.


A espirometria é um exame não invasivo e indolor, que dura cerca de meia hora. Geralmente o paciente estará sentado e deverá respirar através de um tubo contendo um bocal, conectado ao espirômetro. Uma presilha de

borracha tapará seu nariz, garantindo que toda respiração seja feita pela boca e tenha que passar pelo aparelho. Durante o exame será alternadamente pedido ao paciente que respire tranquilamente por algum tempo; que encha

o pulmão completamente; que assopre com o máximo de força e rapidez possível e, depois, lentamente.


O teste poderá ser repetido, depois de aplicado ao paciente uma medicação broncodilatadora, geralmente sob a forma de spray. Esse exame gera, no computador, uma série de curvas, tabelas e gráficos que o médico analisará e que fornecerá uma série de parâmetros que o informarão sobre as condições ventilatórias do paciente (volume expirado forçado (VEF), capacidade vital forçada (CVF), volume residual (VR) e muitos outros).


O preparo para o exame é muito simples. O paciente deve estar em repouso por cinco a dez minutos antes do exame. Não é necessário jejum, mas não devem ser usados chás, cafés ou bebidas alcoólicas cerca de seis horas

antes do início do exame. A maioria das medicações pode continuar sendo utilizada, devendo-se suspender por quatro horas o uso de broncodilatadores de ação rápida e por doze horas os de ação prolongada. Não se deve fumar nas duas horas que antecedem o exame.


A espirometria não deve ser realizada caso a pessoa esteja gripada ou resfriada.


A espirometria serve para diagnosticar ou acompanhar a evolução de doenças pulmonares e para avaliar a capacidade pulmonar em pré-operatórios ou mesmo em pessoas sadias que queiram aferir sua capacidade respiratória (atletas, por exemplo). Ela serve para indicar se a quantidade de ar inspirado está sendo suficiente para as necessidades do indivíduo ou se há alguma obstrução pulmonar. Em pacientes com doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC), asma, bronquite, enfisema, fibrose e outras doenças pulmonares, espirometria, feita periodicamente, servem para avaliar o efeito do tratamento médico.


Trata-se de um exame não invasivo e indolor que é realizado respirando-se pela boca através de um tubo conectado a um aparelho chamado espirômetro.



Entre em Contato